· Cultura · · T. Redação · F. Direitos Reservados

Ken Follett escreve livro sobre Notre-Dame

Receitas serão doadas para ajudar na reconstrução

Villas&Golfe Pub.

O prestigiado autor de thrillers, Ken Follett, decidiu, pela primeira vez, arriscar numa obra não ficcionada, doando as receitas da sua venda. Trata-se do livro Notre-Dame, que conta a história do célebre monumento parisiense que foi alvo de um incêndio em abril último. «As imagens deixaram-nos estupefactos e em estado de choque. Fiquei à beira das lágrimas. Algo inestimável morria perante os nossos olhos. A sensação era desconcertante, como se a terra por baixo dos nossos pés estivesse a tremer», confessou Ken Follett sobre o que sentiu ao ver a tragédia que ocorreu em Notre-Dame. A partir daquele fatídico momento, o escritor, que tem 31 livros publicados em mais de 80 países, teve a ideia de se debruçar sobre a história da catedral, da sua construção e do papel que o monumento histórico teve no destino de toda a nação francesa ao longo de várias épocas. O livro Notre-Dame, uma obra com oitenta páginas, começou a ser vendido nas livrarias no dia 18 de setembro. O preço sugerido é de 11,90€ e as receitas desta publicação serão doadas à Fondation du Patrimoine, como contribuição de Ken Follett para a reconstrução da igreja. 
Ken Follett é um escritor britânico nascido no País de Gales. É formado em Filosofia pela University College, de Londres, tendo começado a sua carreira como jornalista. Follett já vendeu mais de 100 milhões de cópias das suas obras. Quatro de seus livros alcançaram número um no ranking de best-sellers do New York Times: Triângulo (1979), A Chave de Rebeca (1980), O Vale dos 5 Leões (1986) e Mundo Sem Fim (2007).

Redação
T. Redação
F. Direitos Reservados