· Cultura · · T. Redação · F. Direitos Reservados

Territórios Dramáticos

De 17 a 27 de maio, em Joane, V. N. de Famalicão

Villas&Golfe Pub.
Six Sense Douro Valey Pub.

Organizado pelo Teatro da Didascália, o encontro Territórios Dramáticos, que já vai na sua terceira edição, realiza-se de 17 a 27 de maio e promete reinventar espaços e levar o teatro, com espectáculos de várias companhias nacionais, aos recantos mais inusitados da Vila de Joane, em Famalicão. Responsável por inaugurar o Territórios Dramáticos, o Teatro do Frio vai apresentar dia 18, às 21h30, a sua peça Oásis. No sábado, às 21h30, a mesma companhia apresenta, no espaço fAUNA, Concertos para estrelas, um convite à «criação de uma ficção sensorial a partir de uma realidade paisagística e estrelar». Já o domingo é dedicado a toda a família. Luciano Amarelo, do Teatro do Calafrio, vai levar a Amazónia até à Vila de Joane através de sombras, imagens e pequenos objetos. Com Nada é o que já foi – contos e lendas, o público terá a oportunidade de viver histórias, mitos e lendas. Na sexta-feira 24 de maio, será a vez do Teatro Didascália apresentar Argila: no princípio era o Verbo, que vai transformar o palco numa grande roda de oleiro. No sábado 25, será a vez do Teatro Experimental do Porto apresentar O Dia da matança na História de Hamlet. No dia 26, Graça Ochoa, através do projeto satélite da Circolando, vai contar histórias a partir da abóbora, com as quais os chefs Liliana Duarte e Álvaro Dinis Mendes, do projeto Cor de Tangerina, vão confecionar iguarias gastronómicas. Música da época #1 encerra a edição deste ano do Territórios Dramáticos.

Redação
T. Redação
F. Direitos Reservados