Villas&Golfe MozambiqueEdition Villas&Golfe AngolaEdition
VillaseGolfe
· Gourmet · · T. Filomena Abreu · F. Claes Bech-Poulsen

Geranium

A elegância da cozinha dinamarquesa 

Villas&Golfe Pub. PUB HOMES IN HEAVEN Pub.
Vidago Villa Pub.
PMmedia PUB Pub.

Para os mais atentos, o Geranium não é um nome novo. Três estrelas no Guia Michelin, desde 2016. Grande Prémio Wine Spectator, desde 2016. Recentemente eleita a segunda melhor cozinha do mundo no ranking World's 50 Best Restaurants. E esta é só uma parte recente do currículo. 
O restaurante dinamarquês está situado no 8.º andar de um edifício no Fælledparken (Common Gardens), no centro de Copenhaga, de onde se pode assistir, de camarote, à mudança das estações do ano, que se espelham nas copas das árvores. Uma paisagem que se completa com os telhados de cobre verdes da cidade e, ao longe, com os moinhos de vento de Oeresund. O local enfatiza a diversidade gastronómica do Geranium, que explora a curiosa tensão entre a área urbana e o ambiente envolvente. O restaurante é luminoso e arejado. A decoração mostra o melhor do design escandinavo, com linhas simples, cores suaves e detalhes originais. Todo o espaço reflete a visão dos coproprietários: Rasmus Kofoed (chef) e Soren Ledet (diretor de vinhos e gerente). Projeta uma elegância clássica e discreta, arte moderna e elementos da natureza. Mas vamos à comida e aos vinhos.

Os cardápios mudam sazonalmente e são inspirados na natureza

O Geranium tem uma cozinha leve, lúcida e dinâmica com o objetivo de criar refeições que envolvam todos os sentidos e proporcionem aos clientes uma experiência inesquecível que os sacie, desafie e enriqueça. Os cardápios mudam sazonalmente e são inspirados na natureza, que pode ser vista do lado de fora e degustada por dentro.
A visão única da vida do chef Kofoed leva os comensais à descoberta da cozinha das suas origens e a sentirem uma profunda conexão com a terra, a partilharem o mesmo respeito pelo meio ambiente, que lhes permite compreender, honrar e elevar os ingredientes locais numa bela tapeçaria de sabores e texturas. Não é à toa que é o chef que mais vezes venceu o Bocuse d’Or.
Já Soren Ledet, é um ex-chef que se tornou sommelier. Gerencia uma adega de 12 mil garrafas, onde não faltam vinhos biodinâmicos, safras clássicas, entre outras boas surpresas. Um trabalho exigente e de constante evolução. Mas a sua maior recompensa, assume, é ver os clientes sorrir. Por tudo que aqui foi descrito, não é difícil.

T. Filomena Abreu
F. Claes Bech-Poulsen
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi