· Viagem · · T. Maria Amélia Pires · F. Direitos Reservados

Londres

Cinzenta, mas de muitas outras cores!

É uma das maiores cidades europeias e também uma das mais visitadas de todo o mundo. Por isso mesmo, já quase tudo se disse sobre Londres, ainda que, em cada visita, haja sempre novas descobertas. Mas, para quem tem na bagagem pouco tempo e/ou nunca pisou as terras de Sua Majestade, as ‘verdades La Palice’ são imprescindíveis. 
A antiga e tradicional Londres atrai turistas de todo o mundo, sendo que um terço da sua população é constituído por imigrantes estrangeiros. Como todas as cidades do velho mundo, possui uma cultura rica e uma história milenar que atraem quem deseja conhecer os seus monumentos, edificações, as histórias e a História por trás de cada um deles. Para uma visita ‘relâmpago’, um passeio de barco pelo Tamisa, que cruza a cidade de oeste a leste, permite vislumbrar de longe atrações como o Palácio de Henrique VIII, o Hampton Court Palace, o Jardim Botânico Real, Kew Gardens, Palácio de Westminster, onde se encontra o Parlamento do Reino Unido, e o seu famoso Big Ben, a Tower Bridge, a Tower of London e a roda gigante London Eye, também conhecida como Millennium Wheel.

A rua mais popular de Notting Hill é a Portobello Road, onde acontece um reputado mercado de antiguidades.

Mas embrenhemo-nos nos movimentados e apressados bairros e ruas da capital inglesa. Contrastando com a neblina – ainda que Londres faça mil e uma caras num só dia –, há uma imensidão de cores, a começar nos ziguezagueantes autocarros vermelhos de dois andares, ou nas cabines telefónicas da mesma cor. West End é o centro de Londres por excelência. É nesta zona que ficam os principais teatros e praças emblemáticas, como Piccadilly Circus, Trafalgar Square e Leicester Square. É também aqui que se pode passear nas ruas mais cosmopolitas da cidade, como a Oxford, a Regent, a Bond e a Carnaby Street. O Soho e o Covent Garden, pequenos bairros dentro de West End, são igualmente imperdíveis, com a sua atmosfera vibrante, feita de lojas bonitas e originais, bares animados e restaurantes para todos os gostos. Antes de outras aventuras por outras zonas, há que visitar Chinatown, onde se pode saborear a melhor comida chinesa de Londres e encontrar especiarias orientais inusuais.
Enquanto Camden Town é um dos bairros mais extravagantes de Londres, com ‘personagens’ exóticas, lojas bizarras, mercados originais e sabores vindos dos quatro cantos do mundo, Notting Hill é um dos mais charmosos e coloridos, onde muitas celebridades resolveram morar. A rua mais popular é a Portobello Road, onde acontece o reputado e caríssimo mercado de antiguidades.
Do outro lado do rio está South Bank, com a sua roda gigante, imensas referências a William Shakespeare, o reputado museu de arte contemporânea Tate Modern e Borough Market, o principal mercado de frescos e produtos alimentares da cidade.
Antes da partida, há que assistir a um musical, passear num dos verdejantes parques da cidade, visitar alguns dos belíssimos museus, a imponente Catedral de São Paulo e, claro, o Palácio de Buckkingham, residência da rainha, aproveitando para assistir ao render dos ‘soldadinhos’ vermelhos, com ‘peluches’ pretos em jeito de chapéu.

T. Maria Amélia Pires
F. Direitos Reservados