· Motores · · T. Maria Amélia Pires · F. Direitos Reservados

Aston Martin DBS Superleggera

«O melhor Super GT da atualidade»

Villas&Golfe Pub.
O responsável máximo da britânica Aston Martin, Andy Palmer, diz que é «o melhor Super GT da atualidade» e provavelmente terá razão. O sucessor do Vasnquish tem, no essencial, uma estrutura herdada do DB11, mas a utilização de mais elementos em fibra de carbono reduziu o seu peso em 72 kg. Falamos do novo Aston Martin DBS Superleggera. Os 3,4 segundos dos 0-100 km/h e os mais de 340 km/h de velocidade máxima impressionam, mas a sua enorme eficácia em todas as situações arrebata até o condutor mais experiente.

Comparativamente com o DB11, a nova proposta destaca-se por uma grelha frontal maior, novas óticas dianteiras e traseiras e, no geral, linhas mais agressivas. Com vários modos de condução, no modo GT a resposta do motor e a firmeza da suspensão têm em conta o compromisso entre conforto e dinâmica. Já no modo Sport, o amortecimento é mais firme e o motor é mais reativo. Por fim, no modo Sport Plus, surge a exuberância que se adivinha num desportivo com 725 cv.
No que diz respeito ao conforto a bordo, o DBS Superleggera segue a melhor tradição da marca britânica. Os bancos dianteiros são agora de maiores dimensões e garantem o apoio total do corpo, sem comprometer o conforto, enquanto atrás continua a ser possível acolher duas crianças. Pertinente é também a qualidade dos materiais (quase todo o interior está revestido a couro) e a combinação da atmosfera requintada e ao mesmo tempo desportiva que faz parte do ADN da marca.
Visualmente belo, com proporções harmoniosas e uma mecânica que respeita aquilo que é fundamental, o Superleggera é uma combinação perfeita de tudo aquilo que é mais importante num GT.

O DBS Superleggera segue a melhor tradição da marca britânica.

Maria Amélia Pires
T. Maria Amélia Pires
F. Direitos Reservados