VillaseGolfe
· Motores · · T. Maria Amélia Pires · F. BMW Group

BMW i8

O fim de um ‘clássico’ do futuro

Seis anos após o seu lançamento no mercado e depois de muitos prémios conquistados, o BMW i8 encerrou o seu ciclo de vida no passado mês de Abril. O pioneiro em design futurista e prazer de condução dinâmico e sustentável – BMW i8 Coupé e BMW i8 Roadster – chegou ao final da sua produção. Porém, o primeiro modelo híbrido plug-in do BMW Group entra na história da empresa como o carro desportivo mais bem-sucedido do mundo. Em jeito de despedida, a BMW apresentou uma edição especial com o nome de BMW i8 Ultimate Sophisto Edition. Apenas 200 unidades estão a ser produzidas, e destaca-se sobretudo pela pintura exclusiva Sophisto Grey metalizada, com detalhes em E-Copper (tom cobre).
Este ícone abriu caminho para o prazer de conduzir um veículo com tecnologia electrificada e lançou as bases para a ampla gama de modelos híbridos plug-in do BMW Group. Com mais de 20.000 unidades vendidas desde 2014, alcançou maior número de vendas do que todos os concorrentes do seu segmento juntos.

O BMW i8 abriu caminho para o prazer de conduzir um veículo com tecnologia electrificada e lançou as bases para a ampla gama de modelos híbridos plug-in do Grupo.

O protótipo foi apresentado no Salão Internacional do Automóvel, em Frankfurt, em 2009, e a apresentação do modelo propriamente dito aconteceu em 2013, no mesmo certame. O BMW i8 desde logo representou a promessa de combinar o prazer de conduzir com o design inspirador e com a sustentabilidade pioneira. A ideia de um carro desportivo de 2 + 2 lugares, com portas de asa de gaivota, sistema híbrido plug-in, tracção às quatro rodas e totalmente voltado para estética e eficiência teve reacções entusiasmantes. A combinação de um habitáculo construído em plástico reforçado com fibra de carbono, sobre um chassis de alumínio, foi tão revolucionária quanto a interacção inteligente entre ambos os propulsores. Em 2017, surge a versão roadster, com ambos os modelos a verem o motor eléctrico actualizado.
Agora, resta esperar para um substituto, ainda não anunciado. Mas haverá já dois lugares reservados no museu dos ‘clássico’ do futuro para os BMW i8 Coupé e BMW i8 Roadster, os dois desportivos mais bem-sucedidos na história da marca germânica.
T. Maria Amélia Pires
F. BMW Group