· Ciência · · T. Redação · F. Direitos Reservados

Novas espumas de isolamento

Criadas a partir de cortiça

Villas&Golfe Pub.
Royal Villas Pub.

Uma equipa do Instituto de Materiais de Aveiro (CICECO), uma das unidades de investigação da Universidade de Aveiro, conseguiu produzir espumas para isolamento térmico, através de impressão 3D, com cortiça desperdiçada na produção de rolhas, aproveitando, desta forma, a cortiça nacional e promovendo a economia circular. Segundo Nuno Gama, o investigador responsável pelo projeto, este material de cortiça obtém valores de isolamento térmico idênticos às espumas convencionais e «abre as portas à produção de espumas com estrutura celular na exata medida das necessidades». O facto de incrementar a sustentabilidade e a flexibilidade das espumas – «o que pode aumentar a gama de aplicações do material, como por exemplo na absorção de vibrações ou energia sonora» –, é também uma das vantagens do novo material. Desta equipa de investigação fazem também parte Artur Ferreira e Ana Barros-Timmons.

Redação
T. Redação
F. Direitos Reservados