Villas&Golfe MozambiqueEdition Villas&Golfe AngolaEdition
VillaseGolfe
· Personalidade · · T. Filomena Abreu · F. Direitos Reservados

Filomena Cautela

«Ainda hoje recebo mensagens de todo o mundo»

Villas&Golfe Pub. PUB HOMES IN HEAVEN Pub.
Vidago Villa Pub.
PMmedia PUB Pub.
Estudou Direito, mas escolheu ser atriz. Mais tarde, veio a apresentação, num estilo muito próprio, que prende quem a vê e ouve. Filomena Cautela não é só uma cara bonita. É um caso bem sério no panorama nacional, que diverte e instrui uma legião de fiéis seguidores. Os portugueses conhecem-na do late night show 5 para a Meia-Noite, das entrevistas nos festivais de verão e do sucesso que foi a Eurovisão, em 2018. É uma artista, na verdadeira aceção da palavra. Provocadora, sem perder o bom senso. Inteligente e mordaz. Uma das anfitriãs mais carismáticas da grande tela, onde continua a mostrar todo o seu brilho, atualmente no Programa Cautelar. Fez história? Sem dúvida! E não há de ficar por aqui.

Se lhe fosse possível eleger, quais seriam os momentos que mais marcaram o país e o mundo nestes últimos 20 anos?
A eleição de Trump é um lugar-comum, mas só é contornável para quem não pode admitir a mudança de paradigma político e cultural que representou para todo o mundo. As consequências vão sentir-se por muitas décadas, mas, além da vitória do populismo e do reforço da extrema direita xenófoba, racista e homofóbica, há um elogio da mediocridade e um triunfo da transição do ódio das redes sociais para a vida real, que teve e terá ainda mais repercussões. Um segundo momento? Devia referir a pandemia, não é? 

Profissionalmente, qual foi o momento mais decisivo para si nestas duas décadas? 
Há dois momentos importantes. A Eurovisão em Portugal mudou muito a forma como me percecionam por cá e ainda hoje recebo mensagens de todo o mundo com feedback do programa. Mas, mais importante que isso, confirmou-me que a forma como trabalho, talvez seja a certa para mim. Além disto, a estreia do Programa Cautelar e o trabalho envolvido em cada programa; profissionalmente, foi um momento decisivo para o trabalho que quero desenvolver nos próximos anos. 

Qual seria, no seu entender, a mudança mais urgente que o país e o mundo precisariam operar nos próximos 20 anos?
A forma como olhamos para a legislação referente à atuação das redes sociais que contamina a política, a emergência climática, o racismo e a xenofobia e a importância da cultura e a legislação sobre a evasão fiscal.
T. Filomena Abreu
F. Direitos Reservados
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi