Agnieszka Kijonka

A Vida é Bela!

Maria do Céu Quintas

Opinião Anterior
Agnieszka Kijonka

O que aumenta o valor do seu imóvel?

Agnieszka Kijonka

Próxima Opinião

‘Criar Marcas’

Rita Soares

CEO da Herdade da Malhadinha Nova

Rita Soares

Foi em 1998 que eu e a minha família nos aventurámos na criação de um projeto de vida, dedicado à produção de vinho. Este percurso de entrega ao longo de duas décadas, de uma forma empírica e baseada nas nossas experiências profissionais e de vida, levaram ao reconhecimento nacional e internacional da marca Herdade da Malhadinha Nova.
Hoje, um case study em muitas universidades, em Portugal, e uma referência em publicações e estudos internacionais, a Malhadinha foi recentemente o único projeto em Portugal a integrar uma publicação internacional: Best Practices in Global Wine Tourism – 15 case studies from around the world.
Cientificamente, o percurso lógico para a construção de uma marca foi por nós naturalmente seguido. Criar uma marca, posicioná-la, mantê-la ao longo da vida e até reinventá-la exige coerência, equilíbrio, verdade, consistência e, acima de tudo, uma forma de estar, de pensar, de dedicar o seu trabalho, a sua vida, ou até mesmo… uma forma de expressar a sua ARTE.
Ser uma das responsáveis pela criação de uma marca de tanto relevo e sentir que este percurso foi uma «simples história de amor» é um orgulho enorme, maior ainda depois de compreender que todos os passos importantes foram seguidos.
E termino, com uma frase minha, que transmite um sonho, uma inquietação, de criar e de partilhar, porque acredito no potencial de Portugal para a produção de vinhos de excelência, acredito no Terroir, nos técnicos, nas adegas incríveis e State of the art, na tecnologia, na diferenciação de um país que tem 250 castas autóctones diferentes de todas as outras do mundo, acredito na magia de as combinar, Blending, e acredito que podemos vender Portugal como se de ‘Joalharia se tratasse’… Por tudo isto, e ainda muito mais, «o meu sonho é… produzir o melhor vinho do Mundo».