VillaseGolfe
· Arte · · T. Redação · F. Direitos Reservados

Metamorfoses da Humanidade, de Graça Morais

Museu Nacional Soares dos Reis

Villas&Golfe Pub.

Inaugurada no passado dia 25 de julho, no Museu Nacional Soares dos Reis, no Porto, Metamorfoses da Humanidade é uma exposição da renomada artista plástica Graça Morais, com curadoria de Jorge da Costa. A exposição reúne cerca de 80 trabalhos realizados por Graça Morais em 2018, apresentados, num primeiro momento, no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança e, posteriormente, no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, em Lisboa. Sob o signo da metamorfose, Graça Morais retoma, em força, uma série inteiramente inédita de desenhos e pinturas sobre papel, um olhar muito particular sobre a humanidade. Das imagens, grandemente comprometidas com a sociedade contemporânea, ressalta um conjunto muito diverso de rostos e figuras tao intrigantes como grotescas, tao serenas como inquietas, tão densas como etéreas, a partir das quais a artista efetiva uma complexa trama de emoções e ações humanas. O enfoque desta nova série está uma vez mais na figura humana e a sua condição. Os seus protagonistas são as vítimas desta convulsão global, são os milhares de migrantes e refugiados que deixaram a sua casa e o seu país e caminham empurrados para um futuro incerto, fugindo da fome, da pobreza, das guerras, da violência e da morte. Metamorfoses da Humanidade estará patente no Museu Nacional Soares dos Reis até ao dia 29 de setembro.

Redação
T. Redação
F. Direitos Reservados