VillaseGolfe
· Cultura · · T. Maria Amélia Pires · F. Direitos Reservados

Fortaleza de Hohensalzburg

Na velha cidade de Mozart

Villas&Golfe Pub.
Ainda que na cidade quase tudo gire em torno dele, desde a estátua na praça antiga, passando pelas casas onde habitou, até às montras das lojas de souvenirs, Salzburgo, na Áustria, tem muitos mais encantos, como por exemplo o Rio Salzach que ladeia a cidade e o seu centro histórico, Património Mundial da UNESCO desde 1996. Ele é, naturalmente, Wolfgang Amadeus Mozart, um prestigiado e influente compositor do período clássico, autor de mais de seiscentas obras, apesar da sua morte prematura. 
Muito antes de Mozart ter nascido já existia, no cimo de uma colina do centro histórico, uma fortaleza que dominava sobre os telhados da cidade velha barroca. Foi no longínquo ano de 1077 que o arcebispo Gebhard mandou construir a Festung Hohensalzburg (Fortaleza de Hohensalzburg), marcando assim, até aos dias de hoje, a paisagem urbana de Salzburgo. Nos anos seguintes, os seus sucessores foram responsáveis pela sua ampliação até que, por volta de 1500, adquiriu sua aparência atual, sob o ‘comando’ do arcebispo Leonhard von Keutschach. O objetivo original era proteger o principado e o arcebispado dos ataques inimigos. Propósito conseguido, uma vez que a Fortaleza de Hohensalzburg nunca foi conquistada por tropas estrangeiras. 
Atualmente, a Fortaleza de Hohensalzburg é a mais bem preservada da Europa Central. Está aberta ao público durante todo o ano e, desde 1892, é acessível, não só a pé, mas também através do Festungsbahn (funicular). A visita pode levar algumas horas. Percorrer as várias torres, fazer visitas guiadas com áudio-guia e apreciar os aposentos principescos, que se mantêm num estado notável, são algumas das opções. Mas os grandes destaques são os seus museus e a paisagem de que lá se avista: Salzburgo a seus pés e, no horizonte, a imponência dos Alpes.
Foi no longínquo ano de 1077 que o arcebispo Gebhard mandou construir a Fortaleza de Hohensalzburg.
Ao lado dos quartos medievais está o Festungsmuseum (Museu da Fortaleza), com exposições históricas da vida na corte principesco-arquiepiscopal. Armaduras, canhões, outras armas e vestuário são alguns dos objetos que contam a história da cidade e do país. O Museu de Marionetes, bem como o Rainer-Regimentsmuseum (Museu do Regimento Rainer) também convidam a uma viagem ao passado. Além disso, esta fortaleza com mais de 900 anos é o local dos famosos concertos Salzburger Festungskonzert.
Atravessou séculos e chegou até nós intacta. Apesar de antiga, as tecnologias multimédia modernas oferecem experiências inovadoras. Mas há tradições que perduram. Lá de cima, os Turmbläser (músicos de instrumentos de sopro) tocam na Trompeterturm (torre do trompetista) e os sons barrocos ressoam lá em baixo no rio e na cidade antiga. Na velha cidade de Mozart.
T. Maria Amélia Pires
F. Direitos Reservados