VillaseGolfe
Paulo Amorim

Paulo Maló

Entrevista Anterior
Paulo Amorim

Paulo Amorim

Próxima Entrevista

Paulo Abrantes

Fundador do Grupo Decisões e Soluções

Paulo Abrantes nasceu no distrito da Guarda. Porque pretendia obter independência financeira, começou a trabalhar cedo. Sempre o fascinou lançar novos projetos e liderar equipas, por isso tem um percurso profissional de 32 anos nas áreas de gestão, motivação e dinamização de pessoas. Fundou a Decisões e Soluções há quase 15 anos, um Grupo que atualmente tem 190 agências, prevendo-se que, no final de 2018, alcance as 290. Trabalho, dedicação, determinação e responsabilidade social são os ‘segredos’ do êxito do Grupo e do seu fundador.
Paulo Abrantes
Com quase 15 anos, e tendo o Paulo como diretor-geral, a Decisões e Soluções é líder nas áreas da consultadoria imobiliária e financeira. A que se deve o êxito?
A Decisões e Soluções foi constituída em outubro de 2003 com dois grandes objetivos, que ainda hoje se mantêm: prestar um serviço de aconselhamento, isento e independente; e dar trabalho e oportunidades de realização pessoal e profissional a muitos colaboradores na empresa. O segredo de todo o êxito alcançado ao longo dos últimos 14 anos está no trabalho, dedicação e determinação de uma grande equipa distribuída por todo o país, que conseguiu transformar um sonho num projeto de grande dimensão nacional. 

Que balanço faz das áreas de atuação da empresa, nomeadamente da Mediação Imobiliária?
O balanço é muito positivo! Este ano estamos a crescer em todas as áreas e 2018 está a ser o melhor ano de sempre do Grupo Decisões e Soluções, com um crescimento na faturação de 60%, face a período homólogo do ano anterior. A área imobiliária tem um peso na ordem dos 65% na faturação e estamos a crescer todos os meses. 
 
Como encara a recuperação do setor imobiliário em Portugal? Será uma tendência para manter?
O mercado imobiliário em Portugal vive um momento particularmente positivo e há que saber aproveitá-lo de forma sustentada, sempre de olhos postos no futuro, mas com memória das experiências anteriores. Na compra de imóveis, o problema maior começa a ser a escassez de produto em algumas regiões, face à procura, que vê no nosso país uma oportunidade segura de investimento, nomeadamente de origem estrangeira. 
«2018 está a ser o melhor ano de sempre do Grupo Decisões e Soluções»
Com mais de cem agências, ainda há espaço para a DS crescer?
O Grupo tem o objetivo de ter 500 agências e 8000 colaboradores no nosso país, distribuídas pelas várias marcas que tem, e estamos a trabalhar para que esse objetivo seja alcançado nos próximos anos. Só nos primeiros 7 meses deste ano já inaugurámos 46 agências, temos mais 40 em fase de inauguração e queremos terminar o ano 2018 com 100 agências novas inauguradas no nosso país, distribuídas pelas redes Decisões e Soluções, DS Seguros e DS Crédito. 
 
De que forma a responsabilidade social faz parte da estratégia da empresa?
A área de responsabilidade social está presente na matriz da empresa desde o seu início e é algo de que não pensamos prescindir. Somos sensíveis às causas que nos rodeiam e fazemos questão de ter um papel ativo na defesa daqueles que mais necessitam, em prol de uma sociedade mais inclusiva, solidária e justa. 
T. Maria Amélia Pires
F. Daniel Camacho